quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Áreas de serviço pequenas e organizadas

Hoje trouxemos um trecho de matéria publicada sobre áreas de serviço pequenas publicadas na Revista Minha Casa. Os projetos são diversificados e apresentam soluções criativas e diferentes para esses espaços que geralmente estão sempre ocupados por roupas, produtos de limpeza, utensílios domésticos, etc. e que acabam ocupando espaço. Por isso a necessidade que se tem de muitos armários e gavetões, além de prateleiras altas para segurança das crianças. Geralmente são utilizadas cores claras no mobiliário e as bancadas em cores escuras devido a ação dos produtos de limpeza. O varal retrátil, apesar de aparecer em apenas um dos projetos, é uma boa opção para áreas de serviço pequenas, principalmente as de apartamentos.


Prateleiras deixam os produtos de limpeza longe das crianças. Nos gavetões, há lugar para separar as roupas sujas e as peças para passar. O cabideiro auxilia na segunda tarefa,já que agora é possível abrir a tábua ali mesmo. Projeto do arquiteto Rodrigo Martinelli.


Na área de serviço, o dente na alvenaria abriga a hidráulica. Mas isso não causou problema: as prateleiras foram desenhadas especialmente com esse recorte. A máquina lava e seca é ladeada por armários, próprios para esconder baldes e bacias. Projeto de Renata Cáfaro.


Cozinha e lavanderia são delimitadas por um painel estreito. Meia-parede envidraçada separa esses ambientes da varanda deste apartamento-modelo de 80 m² assinado pelo arquiteto José Carlos de Paula Luz. O piso é de porcelanato claro e uma faixa do mesmo material em outro tom simula uma passadeira.


Somadas, a cozinha e a lavanderia medem 7,50 m². Por isso, a designer de interiores Renata Marré abriu mão de qualquer divisória e unificou os espaços. Outro recurso foi a base neutra, obtida com laminado branco nos gabinetes, azulejos básicos em boa parte das paredes e porcelanato no piso.


Para aproveitar na cozinha a luminosidade que vem da área de serviço, os moradores separaram os ambientes com uma porta de correr de vidro. Cada vareta do varal sobe e desce individualmente, facilitando a tarefa de pôr as roupas para secar. Projeto da arquiteta arquiteta Marina Barotti.


Uma forma prática de poupar metragem é instalar a secadora acima da máquina de lavar roupa. Apenas 1 m² da parede do tanque tem cobertura de azulejos, o bastante para proteger a alvenaria da água que espirra. As demais superfícies receberam tinta acrílica. Projeto de Douglas Honma.

Fonte: Revista Casa

Nenhum comentário:

Postar um comentário