quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Ladrilho hidráulico




Desde tempos antigos, quando a minha ou a sua avó ainda não tinham nascido, que os ladrilhos hidráulicos eram fabricados de forma artesanal e aplicados para revestir pisos, principalmente, e paredes. Segundo algumas fontes, os ladrilhos chegaram ao país, inicialmente em São Paulo, no início do século XX, trazidos da Europa por imigrantes italianos. Até os anos 1950 foram muito utilizados, porém caíram no desuso devido ao surgimento de novos revestimentos no mercado. Agora voltam com força total e são verdadeiros clássicos da arquitetura, podendo dar um toque moderno ou rústico aos ambientes.

O seu nome é derivado do processo de produção que envolve a preparação de uma massa de pó de mármore branco e cimento branco que recebe pigmentos através de um molde de bronze, onde as peças são prensadas em formas de ferro, e depois submersas em água para a cura. O processo demora cerca de um mês até o processo final de impermeabilização para evitar manchas e evitar o desgastes dos desenhos e das cores. São comumente encontrados nas dimensões de 15x15cm ou de 20x20cm, e necessitam de pouca argamassa para assentamento e de rejunte. Também podem ser conhecidos por azulejos hidráulicos.

O resultado final é simplesmente encantador, uma vez que as peças quando, assentadas, formam panos extremamente ricos visualmente. Seja com motivos florais ou geométricos, os ladrilhos hidráulicos carregam consigo a possibilidade infinita de cores e desenhos, e ainda são peças únicas, pois até os dias de hoje são fabricados da mesma forma, o que valoriza ainda mais os ambientes. Arquitetos e designers podem criar desenhos exclusivos ou até mesmo combinar peças diferentes para diferenciar ainda mais o projeto. Hoje também são comuns a utilização dos ladrilhos em panos de patchwork - peças com desenhos diferentes são combinadas formando um pano/tapete exclusivo.

Por serem produzidos um a um, os ladrilhos são vendidos sob encomenda e é preciso cuidados extras na armazenagem e assentamento: as peças devem ser guardadas sobre paletes face a face e ser assentadas no estágio final da obra, para evitar que sujem ou quebrem, pois os ladrilhos são porosos. Já com relação ao preço, por serem produzidos artesanalmente, costumam ser bastante caros, com preços entre R$ 25 e 200 o m². Já o custo da instalação, sai em torno de 25 a 30 reais o m², com assentamento de 30 a 40 m² de ladrilhos por dia, no caso de paginações simples. Hoje é possível encontrar porcelanatos que imitam ladrilhos hidráulicos com preços mais baixos. Trouxemos alguns projetos diferentes que utilizam o ladrilho hidráulico de várias formas. Confiram!

Projeto do arquiteto Marcelo Rosenbaum: ladrilho modelo estrela

Lavabo com parede revestida em ladrilhos com motivos florais: projeto David Guerra.

 Varanda projetada pela arquiteta Flavia Gerab: ladrilho tipo geométrico

Cozinha com ladrilho estilizado: projeto de Esther Giobbi

Projeto do Real Botequim do escritório Santos & Santos: ladrilhos pernambucanos

 Patchwork de ladrilhos revestem a bancada:  projeto da arquiteta Adriana Yazbek

Tapete de ladrilhos com motivos florais da Dalle Peagge

Casa do arquiteto Marcelo Rosenbaum: ladrilhos autorais

Lavabo rústico com ladrilhos tradicionais

Fachada da casa revestida com ladrilhos: projeto do Marcelo Rosenbaum

Nenhum comentário:

Postar um comentário