quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Casa Cor Pernambuco 2011 - parte I


De 09 de novembro a 13 de dezembro, em Olinda-PE, aconteceu a Casa Cor Pernambuco 2011 e nós estivemos lá para conferir tudo de pertinho e trazer as novidades. Em sua 15ª edição, ela trouxe como tema “Dia a dia com a tecnologia” e teve como objetivo unir o moderno com o antigo em um mesmo lugar. A mostra esteve abrigada em residências tombadas pelo Patrimônio Histórico, localizadas nas proximidades do Cine Olinda.


 Ocupando uma área de cerca de 5 mil m², a qual foi decorada por uma equipe de 74 profissionais, entre designers, arquitetos, paisagistas e decoradores, expôs 38 ambientes diferentes. Contou ainda com projetos de restaurante, sorveteria, cervejaria, lojas e um cinema, utilizado para a projeção de imagens dos ambientes expostos. Aqui vão alguns dos ambientes que a gente conferiu por lá e todos os detalhes.


O terraço conta com cadeiras laranjas em plástico e mesinha em madeira e fibra natural em um dequê de madeira sintética. Projeto


O ambiente do lounge de entrada e bilheteria tem um toque clássico pelo desenho do mobiliário, mas ao mesmo tempo moderno, com o uso de materiais como o acrílico. Projeto de Cyndia Vaz.


No Jardim das Ruínas crido por Lenira de Melo e Bruno Moreno, cadeiras, espreguiçadeiras e mesinhas em fibra natural dão um toque rústico e aconcheganteao terraço.


O living chama atenção pela utilização de cores complementares e constrastantes como azul e laranja. O piso em mármore carrara e silestone azul foi destaque, como também a estante colméia na cor laranja. Projeto assinado por André Caricio.


O lavabo também mistura ares clássicos com modernos. Chama atenção o revestimento das paredes em blocos cimentícios com efeito tridimensional e bancada em madeira misturado com o estilo Luiz XV. Projeto de Carla Marques e Isabela Nadler.


O ambiente sofisticado do home theater desenhado por Josemar Costa Junior traz cores claras e muito conforto seja no uso das poltronas Ekornes ou nos amplo sofá Nouvelle da Decameron. Destaque para o forro pintado na cor marron.


 Por fim, a biblioteca ganha destaque pela cadeira desenhada por Roberta Borsoi. Um ambiente simplesmente multicultural. Aguardem, pois próxima semana traremos a segunda parte da Casa Cor Pernambuco 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário