quarta-feira, 12 de outubro de 2011

A escolha dos profissionais

Depois de garantir a compra de um bom terreno e legalizar a sua posse, agora é o momento de pensar no projeto da tão sonhada casa própria e de procurar os profissionais habilitados para construir o seu sonho. Mas você então deve estar se perguntando: quais serão os profissionais que vou escolher para fazer o projeto da minha casa e como vou escolhê-los?  Saiba que neste momento é tão ou mais importante a assistência técnica de um bom profissional de Arquitetura e/ou de Engenharia para ajudar a realizar o tão sonhado sonho.

Para quem não sabe, arquitetos e engenheiros, apesar de lidarem com a construção civil, são profissionais que estão habilitados para realizar serviços bem diferentes. Muitas vezes seus serviços são confundidos e acaba que temos arquitetos atuando na área dos engenheiros ou engenheiros atuando na área de arquitetos - o que não é certo (ético). Cada profissão tem suas especificidades, mas é importante destacar que elas são complementares.

O arquiteto é o profissional responsável por conceber o projeto de sua casa ou edifício, seja uma reforma ou uma construção, desde o tipo de fundação até o detalhe da maçaneta - caso o cliente deseje. Por ter uma visão global do edifício, isto lhe permite desenvolver um projeto no qual todas as etapas da construção estarão planejadas, o que evita desperdício de tempo, dinheiro e material.  

Questões referentes à iluminação, ventilação, circulação entre outras estão no cerne do projeto, e que só o arquiteto considera na hora de elaborar o projeto arquitetônico. Além disso, o arquiteto aplica conhecimentos de história e das belas artes, de ecologia e de tecnologia, na concepção do projeto de arquitetura e/ou urbanismo. Desse modo, o arquiteto é um profissional versátil por ter sua formação fundamentada nos conhecimentos de diversas áreas.

Essa formação dos arquitetos lhes distinguem dos engenheiros que têm uma formação mais voltada para o cálculo e para as ciências exatas. O engenheiro também pode, por exemplo, fazer pequenas construções, desde que não ultrapasse três pavimentos. Porém, ele não tem os mesmos conhecimentos que o arquiteto para construir um edifício ou um ambiente bonito, confortável e funcional ao mesmo tempo.

Um ponto importante que você deve considerar na hora de contratar estes profissionais é verificar se são profissionais registrados no CREA (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura) - ou no CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo), récem-criado por lei. Todo profissional legalmente habilitado, possui carteira profissional contendo o número de registro, a natureza do título, especialização e todos os elementos necessários para a sua identificação. Somente profissionais registrados podem exercer legalmente a profissão e apenas com eles será possível realizar a construção da casa própria sem problemas futuros.

Invista no arquiteto!
Invista no engenheiro!

Nenhum comentário:

Postar um comentário